Divagando Devagar

Divagações ocasionais de uma mente reflexiva.

Não nos cega o furor da batalha! 29 maio, 2008

Filed under: Idyllius — INEFFABILE @ 5:19 pm

Mais um dia “sonambulando”, após ficar acordada até às 4:30h da manhã só para ver o meu Flu jogar. Mas valeu a pena mais uma vez!

A partida teve momentos diferentes, como se fossem vários jogos em um só. O Flu dominou em alguns, fazendo pressão em cima dos argentinos; em outros, os boquenses pressionaram bastante, com uma marcação muito colada. Erramos muitos passes, perdemos algumas chances, mas aproveitamos oportunidades decisivas.  O importante foi o resultado final de 2 x 2 que nos dá uma vantagem sobre o adversário na próxima quarta.

Estava com tanto sono durante a partida que por diversas vezes achei que não fosse chegar acordada até a hora do apito final. Mas tão bravamente quanto estava o meu time em campo, eu segurei o sono e não apaguei na sala. Na verdade, o gol de Thiago Neves me despertou e me deixou eufórica!

Amei a atuação do Fernando Henrique, dos dois Thiagos, do Gabriel e do Conca – o frangão do Migliore também ajudou muito😉
Washington não estava em sua melhor performance, mas quase marcou dois golaços. Não fosse pela “fome” do Junior César, que não cruzou a bola para ele quando estava posicionado bem em frente ao gol, talvez o placar final tivesse sido 2 x 3. Mas isso acontece. Todo mundo quer marcar pelo menos um gol seja em qual for o campeonato.

Fim do jogo, fim do suplício.

Minha irmã caçula me ligou contando sobre a sua afliação durante o segundo tempo. Ao seu lado estava o meu irmão, para quem o sofrimento não havia acabado, pois ele torce pelo Bostafogo. Seu time estava decidindo a partida nos pênaltis no jogo contra o Corinthians. Só hoje pela manhã eu fiquei sabendo que eles foram eliminados da Copa do Brasil. Uma pena para o meu brother… Mas quem manda torcer pelo time errado? Já o meu cunhado corinthiano deve estar nas nuvens, após a temporada tão ruim do “timão” que vem se estendendo desde o ano passado.

Em seguida liguei para o meu pai, como de costume. Ele atendeu o telefone me saudando em verde, branco e grená – Saudações Tricolores! – mas estava quase sem voz, o pobre sofredor. Imagino como foi o jogo para ele. O meu foi silencioso até demais, pois meu marido estava dormindo e además, não queria acordar os vizinhos. Porém se ganharmos na semana que vem, não responderei pelos meus atos!

SAI DO CHÃO, SAI DO CHÃO, A TORCIDA DO FLUSÃO!

 

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s