Divagando Devagar

Divagações ocasionais de uma mente reflexiva.

O Magnífico Colisor de Hádrons (LHC) 10 setembro, 2008

Filed under: Rotineiras — INEFFABILE @ 12:08 pm

Finalmente hoje o trabalho de milhares de cientistas de todo o planeta começará a render resultados com a ativação do maior acelerador de partículas já criado no mundo: O Grande Colisor de Hádrons.

Em maio deste ano eu escrevi um pequeno texto a respeito deste experimento, que já é considerado no meio científico global como o mais importante e grandioso na história da humanidade. E não é para pouco, já que o que os cientistas querem mesmo é reproduzir o feito divino de criar um universo em laboratório.

A Organização Europeia para Pesquisa Nuclear (CERN) está muito confiante de que nos próximos meses, o LHC fornecerá informações sobre as partículas básicas de todas as estruturas físico-químicas conhecidas, e sobre as muitas outras que foram hipotetizadas através de fórmulas e teoremas, mas que ainda não puderam ser provadas até agora.

O Grande Colisor de Hádrons parece ser o Obi-Wan Kenobi da física. Mas para saber o que vai acontecer com o experimento e com a humanidade é preciso esperar…

Se por acaso nos próximos dias você se encontrar flutuando entre diferentes dimensões siderais ou se aparecer um buraco negro na sua sala ou se ainda, toda forma de matéria ao seu redor tornar-se de um só elemento e cor, você já sabe então o que aconteceu…

Boa sorte para todos nós embarcados neste planetinha maluco e parabéns aos cérebros audaciosos que apesar de calculistas, ousaram sonhar alto!

 

2 Responses to “O Magnífico Colisor de Hádrons (LHC)”

  1. Caríssima poeta, para não deixar de dizer que não falei de poesias, nem todos os cientistas são assim tão calculistas..rs
    Eu que o diga. Por que sou (cientista,digo). E, sempre acreditei que ciência combina com poesia. DNA combina com prosa. Destinos gênicos também têm espiritualidade. De certo, não cabe no Método Científico, porém cai como uma luva na alma.
    Abraços poéticos, digo molecular.
    Theresa Russo

  2. INEFFABILE Says:

    Olá Theresa,

    Adorei o seu comentário. Muito obrigada por enriquecer o meu blog.

    Vejo também a poesia inerente às formas, às estruturas, às cadeias, às dependências… biológicas e não biológicas no mundo da ciência.

    Que bom que também és uma cientista amante da poesia.

    Beijo e abraço.


Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s