Divagando Devagar

Divagações ocasionais de uma mente reflexiva.

oração de tagore 15 dezembro, 2008

Filed under: De Joelhos — INEFFABILE @ 1:24 pm

Que eu nunca peça para livrar-me dos perigos,
Mas coragem para enfrentá-los.
Que eu nunca mendigue paz para a minha dor,
Mas coração forte para dominá-la.
Que eu não procure aliados na batalha da vida,
Mas a minha própria força.
Que eu não anseie medrosamente pela salvação,
Mas esperança e paciência para conquistar a minha liberdade.

Senhor, garante que eu não seja tão covarde para sentir a tua misericordia apenas no meu triunfo.
Permite-me encontrar o teu aperto de mão no meio de meu fracasso. ”

Por Rabindranath Tagore em Colhendo Frutos

 

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s