Divagando Devagar

Divagações ocasionais de uma mente reflexiva.

Dever ou Poder? (Um Exercício Simples) 3 janeiro, 2010

Filed under: Reflexão da Semana — INEFFABILE @ 11:51 pm

Escreva no topo de uma folha de papel a frase: “EU DEVO”

Faça uma lista com cinco ou seis maneiras de terminar esta frase. Algumas pessoas demoram bastante para escrever as frases; já outras, quase não conseguem parar.

Por exemplo: “Eu devo perder peso” ou “Eu devo comprar um carro novo”

Agora que você escreveu a sua lista, leia cada frase começada com “EU DEVO…” e em seguida pergunte a si mesmo “POR QUE?”
Sim, por que você deve? Seja bastante honesto(a) consigo mesmo.

As respostas costumam ser interessantes e reveladoras. Algumas serão do tipo: “porque minha mãe ou meu pai disse que eu devo fazer isso ou aquilo” ou “porque eu tenho medo de não fazer” ou “porque eu devo ser perfeita(o)” ou “porque todo mundo faz assim” ou “porque tenho preguiça”.

As respostas mostram ‘onde’ em sua vida você está preso(a) às suas crenças e o que você identifica como suas próprias limitações.

Agora, elimine do seu vocabulário o verbo “DEVER” e o substitua pelo verbo “PODER”.

Volte para a sua lista e em cada frase substitua “EU DEVO” por “SE EU REALMENTE QUISESSE, EU PODERIA…”

O verbo “PODER” oferece uma escolha, enquanto “DEVER” está intimamente relacionado com a linha tênue que separa o certo do errado. Por tanto, se você acha que DEVE fazer algo ou ser assim ou assado, é porque no presente você está ERRADO(A), dentro da sua própria concepção. Você PODE mudar esta maneira de pensar.

Leia cada frase começada com “SE EU REALMENTE QUISESSE, EU PODERIA…” e pergunte a si mesmo “POR QUE AINDA NÃO FEZ?”

Mais uma vez, as respostas serão bastante reveladoras. Exemplos: “porque eu não quero” ou “porque eu não sei como” ou “porque eu não sou boa/ bom o suficiente” e assim por diante.

Através deste simples exercício, muitas pessoas descobrem que estão forçando a si mesmas – ás vezes por anos à fio – a fazerem algo que nunca quiseram fazer. Muitas pessoas escolhem passar a vida a fazer autocríticas sobre coisas que nunca fizeram ou realizaram, quando a verdade é que estas pessoas nunca quiseram sequer começar a fazer/ realizar aquilo.

Você vai notar que algumas das coisas que você DEVE FAZER são, na verdade, coisas que você NUNCA quis fazer. Você faz isso para agradar outras pessoas e para se encaixar ‘confortavelmente’ em um sistema social qualquer.

Não esqueça de que o seu poder pessoal se encontra no momento PRESENTE e que você pode mudar a sua vida AGORA.

Pergunte-se : O que você poderia eliminar da sua lista ‘EU DEVO’?

Adaptado de “You Can Heal Your Life“, por Louise Hay

 

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s